Junho 25, 2019

Alumni

Aqui estão algumas palavras dos nossos Buddies anteriores!

Here are some words from our old Buddies!

Bárbara Moreira – Ser buddy foi uma experiência incrível na minha jornada académica. Foi uma oportunidade para eu conhecer muitas pessoas diferentes e interessantes, encarar novas culturas, experimentar novas comidas e ir a muitas festas! Eu acho mesmo que devias experimentar e tornares-te num buddy! Prometo que não te vais arrepender 🙂

Being a buddy was an amazing experience in my academical journey. It was an opportunity for me to get to know lots of different and interesting people, meet new cultures, try new foods and party a lot! I really think you should just go for it and become a buddy! I promise you will not regret it 🙂

Summer Semester 2018/2019 (Bárbara Moreira)

Diogo Teixeira – Ser buddy mudou a minha vida completamente. Tornei-me mais recetivo a novas culturas, comecei a viajar pelo mundo e até decidi fazer uma mobilidade ERASMUS. As pessoas que conheci, as experiências que vivi e todos os amigos que fiz através deste programa é algo que valorizo imenso e pelo qual estou muito grato.

Becoming a Buddy completely changed my life. I became more receptive to new cultures, I started traveling the world and even decided to go for an ERASMUS exchange. The people I’ve met, the experiences I’ve lived and the friends I’ve kept through this program is something that I value alot and am very grateful for.

Summer semesters 2017/2018 (Diogo Teixeira)

Gabriela Martins – Fui buddy pela primeira vez, no meu primeiro ano no ISCAP. Com sorte, saiu-me uma croata na rifa e adorei! Passeamos, visitamos, dei a mostrar a nossa gastronomia, ajudei com tudo o que ela precisa-se! Para além da minha buddy, ao longo do semestre fui acolhendo outros incomings que precisavam de mais estímulos portugueses. Ainda hoje falo com eles, com se fossem os meus rebentos. Sei que esta ligação que foi criada, vai durar e que nos vamos ver todos por aí!
Uma das maiores riquezas da vida, pelo menos para mim, é poder viajar, mesmo que não seja no seu sentido literal, conhecer pessoas novas de outras culturas, faz-nos abrir novos horizontes e torna-nos mais adaptáveis a diferentes ambientes.

I was buddy for the first time on my first year in ISCAP. I was lucky, I got a croatian and I loved it! We hanged out, visited, she tasted our food, I helped her with everything she needed! Also, in addition to my buddy, along the semester I was helping other incomings that needed portuguese stimulus. I still talk to them today, as if they were my seedlings. I was that this connection that was created will last and we will all see each other around!
Something that makes me feel rich in life, atleast for me, is to be able to travel, even if it’s not literally, meet new people from other cultures, makes us open new horizons and makes us more adaptable to diferent environments.

Summer Semester 2017/2018 (Gabriela Martins)

Renata Vasconcelos – Depois de acabar o Erasmus, quando voltei a Portugal, senti que a minha atividade intercultural não devia acabar. De facto, devia aumentar e foi quando encontrei o Programa de Buddies da COMAP. Fazer parte do programa de buddies tornou a minha experiência intercultural ainda mais espectacular. Ajudar os outros enquanto crio novas amizades fez desta experiência algo que vou levar para a vida. É quase como se fosses um aluno de ERASMUS sem sair de Portugal. Conheci pessoas fantásticas que me ensinaram muito e que vou recordar para sempre!

After doing Erasmus, when I came back to Portugal I felt like my intercultural encounters should not stop, in fact, it should increase and that’s when I found the buddy programme from comap.Being part of the buddy programme has made my intercultural experience even more spectacular. Helping others while befriending them is an amazing experience that you will take for life. Is almost as if you are on erasmus yourself without leaving Portugal. I met amazing people that taught me a lot and I’m sure I will rememeber forever!

Summer Semester 2018/2019 (Renata Vasoncelos)

Pedro Coelho – Fui Buddy pela primeira vez no segundo semestre do meu primeiro ano no ISCAP. Tive a sorte de me calhar uma holandesa super divertida que de imediato me apresentou aos restantes alunos holandeses. Para além disso, tive a oportunidade de conhecer uma Búlgara e uma Polaca que, ao andar com elas, fiquei a conhecer mais da minha cidade e do meu próprio país. Com esta experiência o significado da palavra saudade passou a ter um significado diferente para mim.

I was a buddy for the first time in the second semester of my first year in ISCAP. I waas lucky to have a super funny dutch that instantly introduced me to the remaining dutch students. I also had the chance to meet a Bulgarian and one Polish that, just by hanging out with them, I got to know more of my city and my own country. With this experience, the meaning of the word “saudade” started to have a different meaning for me.

Summer semester 2018/2019 (Pedro Coelho)

Ana Bárbara Bonifácio – Ser buddie é poder viajar sem sair do nosso país. É teres um amigo que vais ter a possibilidade de apresentar cada cantinho do teu país e fazer com que ele se apaixone.
Seres buddie é seres família quando for preciso um abraço, seres amigo para sair a noite, seres guia turístico para mostrares o país, guia gastronómico para apresentares as melhores ementas. Ser buddie é ser apoio.
A acrescentar a isto tudo recebes muito em troca, para além de melhorares o teu inglês e poderes ser um pouco de professor de português, conheces um novo país, ganhas um amigo para a vida e inúmeros momentos que vais relembrar sempre.
Para mim ser buddie é encher o coração a cada segundo, a cada abraço a cada vez que dizes “eu estou aqui”
Tens um papel muito importante na vida de quem decide conhecer um novo país e vale tanto a pena. De que estás a espera para ganhares um novo amigo?

Being a buddy is to be able to travel without going away from your own country. Is to have a friend whom you’ll be able to show every corner of your country and make him fall in love.
Being a buddy is to be family when you need a hug, be friend when you need to go out, be a touristic guide to show the country, gastronomic guide to present the best dishes. Being a buddy is being a support.
Despite all this, you receive much more, despite perfecting your english and being a portuguese teacher, you get to know a new country, you gain a new friend and endless moment which you will remember forever.
For me, being a buddy is having your heart full every second, every hug, each time you say “I am here”.
You have a very important role in the life of people that decide to see a new country and it is so worth it. What are you waiting for to have a new friend?

Summer semester 2017/2018 (Ana Bárbara Bonifácio)